Carrinho de Compras (0)

Faltam em compras, para você ganhar frete grátis
subtotal

em até 5x sem juros de

Qual vinho ideal para cada tipo de queijo?

 

Os queijos e vinhos possuem uma grande afinidade sendo normal estarem quase sempre juntos, principalmente quando se fala de harmonização. Mas, apesar desta forte conexão, nem sempre é fácil saber como combinar os dois, afinal cada um deles possui especificações próprias. Desta forma, seguir algumas dicas é importante para conseguir uma harmonização perfeita!

Confira nossas dicas para arrasar em uma harmonização perfeita, entre queijos e vinhos:

· Queijos Frescos

 

 

Os queijos frescos são aqueles jovens, com textura suave, normalmente branco ou clarinhos. São considerados queijos frescos: ricota, feta, mozarela, cottage e labneh.

Geralmente este tipo de queijo possui alto teor de umidade, consistência mais mole e o sabor varia entre suave e levemente ácido. O ideal é harmonizá-los com vinhos brancos mais jovens e leves ao paladar. Sugerimos então: Sauvignon Blanc, Chardonnay ou espumante extra brut.

· Queijos Macios de mofo branco

 

 

Este queijo amadurece de dentro para fora, por isso, possui uma textura externa firme e extremamente branca, com um sabor bem característico e intensificado. Os queijos mais conhecidos desta categoria são Brie e Camembert.

Por sua intensidade no paladar, deve-se acompanhar com vinhos jovens, para que a bebida acabe não roubando o sabor do queijo. Sugerimos neste caso: Chardonnay, Riesling, Gewurztraminer, Pinot Noir.

· Queijos Semiduros

 

 

Apresentando com tempo médio de maturação, estes tipos de queijos possuem uma textura mais firme e seca. É muito usado em sanduíches, pois possui uma facilidade em derreter. São exemplo desta categoria: Cheddar, Beaufort, Provolone e Gouda.

O ideal para estes tipos de queijos são vinhos brancos encorpados e tintos

mais maduros. Sugerimos então: Chardonnay, Syrah, Malbec e Merlot.

· Queijos duros

 

 

Esse tipo de queijo possui uma baixa umidade e passa também por longos períodos de maturação, possuindo desta forma grande tempo de validade. São ideais para ralar e gratinar, além de acompanharem muito bem uma tábua de queijos. Encontra-se neste tipo de queijo os Pecorinos, Parmesão e Gruyere.

Por apresentar um sabor mais forte e completo indicamos vinhos tintos mais encorpados, pois o queijo apresenta uma acidez atenuada e não disputa com os taninos dos tintos e o sal não é suficiente para gerar conflito no paladar. Sugerimos então os vinhos: Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Merlot e Malbec.

· Queijos Azuis

 

 

Os queijos azuis possuem uma textura macia e uma consistência quebradiça. Possuem veios azuis provenientes de fungos inseridos no processo de fabricação. O seu sabor é bem característico e o consumo é relacionado com elegância e bom gosto. São exemplos desta categoria queijo Gorgonzola e Roquefort.

Os melhores vinhos para harmonizar com esses queijos são doces ou de sobremesas, resultando em uma clássica harmonização por contraste, devido ao casamento entre o sabor salgado, o intenso do queijo e a doçura do vinho. Sugerimos os vinhos: colheita tardia (Late Harvest), vinho do Porto, Sauternes, Jerez.

 

Trouxemos aqui algumas dicas para você harmonizar de forma correta alguns tipos de queijo, tendo a chance de experimentar, no conforto de sua casa, essa arte traz sensações incríveis e originais ao paladar. Lembre-se que a harmonização também tem muito gosto pessoal de cada um, então, aproveite, experimente e surpreenda-se!

compre pelo whatsapp compre pela loja virtual compre em um local próximo
desenvolvido por triacca.com.br